A importância do uso do tênis nas atividades físicas

qual-a-importancia-do-uso-do-tenis

O bom desempenho de uma atividade física depende de alguns fatores, e entre eles está o uso de roupas e acessórios adequados. O tênis, por exemplo, ajuda muito na prevenção de lesões e no conforto ao se exercitar, sendo, portanto, indispensável para que o corpo não sofra problemas crônicos com o passar do tempo.

 

O TÊNIS IDEAL

O uso do tênis nas atividades físicas tem como principal objetivo minimizar as consequências da pisada errada no solo e da sobrecarga gerada pelo impacto de alguns exercícios, evitando assim acidentes, lesões e fraturas tanto nos pés como nos joelhos, quadril e nas vértebras. Isso porque, esse impacto que o corpo sofre durante a atividade física é transmitido das pontas dos pés até a coluna vertebral.

Por esse motivo, além do uso do tênis ser essencial, é preciso estar sempre atento à qualidade do seu material. Abaixo listamos algumas características que devem ser observadas ao escolher o tênis ideal para a prática de exercícios físicos:

– AMORTECIMENTO: O sistema de amortecimento do tênis auxilia na redução de impacto sobre as articulações de acordo com o peso do corpo da pessoa, evitando possíveis lesões articulares principalmente sobre Tênis3tornozelos e joelhos.

Na hora de escolher, o tênis deve ser preferencialmente mais alto na parte de trás, mais baixo na parte frontal e macio em ambas as regiões, para assim amortecer o impacto do exercício.

– TRAÇÃO: No calçado a tração nada mais é do que o contato com o chão e a resistência ao escorregamento, ou deslizamento, do pé com o solo.

Ao escolher, devemos sempre observar a sola do tênis. Solados com uma borracha macia possuem mais aderência ao solo, evitando assim que a pessoa derrape.

– FLEXIBILIDADE: Relacionado ao conforto interno, a flexibilidade é utilizada comumente em atividades que requerem determinada elasticidade para a realização de deslocamentos.

Ao pegar o tênis na mão e torcê-lo, conseguimos analisar essa maciez.

– VENTILAÇÃO: Um tênis com boa ventilação também é importante para um bom desempenho e segurança. Ele deve apresentar uma boa entrada de ar, bem como saída do suor.

Tênis impermeáveis não são boas opções para a prática de atividades físicas, pois não há troca de ar em seu interior, mantendo os pés úmidos.

– DURABILIDADE: É praticamente a duração que o material resiste com a ação do tempo, bem como a depreciação durante a execução da pratica esportiva.

Se o seu tênis já estiver com a sola gasta, é sinal de que já está na hora de trocá-lo por um novo.

– LEVEZA: É basicamente o peso do calçado, e a forma que esse peso pode influenciar no desempenho final. 

Quanto mais leve for o tênis menos você vai senti-lo na hora de praticar o exercício.

– ESTABILIDADE: A estabilidade do calçado está relacionada á neutralização do tipo de pisada de acordo com a atividade exercida.

Um tênis estável é responsável por manter o pé firme ao solo em qualquer tipo de exercício.

Levando em consideração essas características, pode-se fazer uma escolha do calçado ideal para cada tipo de prática de atividade física, e com isso maximizar o desempenho esportivo e ao mesmo tempo minimizar o risco de lesões.

Tênis2

 

QUAL É A SUA PISADA?

O modo como se pisa muda muito de um indivíduo para o outro. De modo geral, existem três tipos diferentes de pisada: a Pronada, a Supinada e a neutra. Elas são determinadas a partir das características anatômicas de cada um, como, por exemplo, os tipos de pé, joelhos e flexibilidade nas articulações.

Arte_pisada

 A pisada Pronada acontece quando o calcanhar toca o chão e o pé se contorce para dentro, usando o dedão para ganhar impulso, e só depois se endireitar. Embora um pouco de pronação seja necessária para que o pé funcione apropriadamente, em excesso pode provocar lesões.

A pisada Supinada é o oposto da Pronada, e acontece quando o peso é aplicado na borda exterior do pé durante o exercício, pegando impulso com a parte externa e o dedo mindinho. Esse tipo de pé requer um tênis flexível, com bom amortecimento. O arco do pé alto geralmente é associado à supinação.

Na pisada neutra o pé toca o chão apoiando a parte externa do calcanhar e se move levemente para dentro, seguindo em linha reta até a parte da frente do pé tocar inteira no solo.

Para fazer o teste e descobrir qual é a sua pisada, apoie o pés molhados de tinta em uma folha de papel e observe a impressão gravada. Outra opção é molhar a sola do pé e caminhar sobre jornais. A imagem formada tanto da folha como no jornal irão ajudar a saber a forma como você pisa.

Embora seja possível fazer esses testes caseiros, se você sente algum tipo de dor ou incômodo, a melhor maneira de descobrir o problema é procurar um ortopedista.

 

NÃO COMPARTILHE O SEU TÊNIS

Especialistas recomendam que o tênis não seja emprestado para outras pessoas. Isso porque cada pessoa tem estilos e características diferentes como peso, altura, idade, sexo, postura do corpo e tipo de pisada. Com todas essas diferenças, o tênis ideal para um pode não ser ideal para o outro.

 

TENHA MAIS DE UM

O Brasil é um país de clima úmido, por isto, é recomendável que você tenha mais de um tênis para a prática de exercícios. Desta forma, ele poderá secar bem, antes de ser usado novamente, além de dar tempo para o amortecimento voltar ao normal após as atividades.

Deixe seu comentário
Mamãe Sarada

Confira nossos posts

Fazer exercícios menstruada faz mal?

Uma dúvida comum entre as mulheres que praticam exercícios físicos regularmente é quanto a realização …